Hoje, a segurança é a principal preocupação de quem tem uma página na internet. Para isso, é fundamental conhecer e saber como evitar que seu site seja invadido ou infectado por malware.

Se você ainda não sabe o que é um malware, te explicamos: o Malware é um software que tem o objetivo de causar danos ou conseguir acesso a um sistema. O nome vem da junção das palavras malicious software.

Sabe quando um usuário diz que está com vírus no site? Na grande maioria dos casos, na verdade, ele foi infectado por um malware. E se não for identificado o quanto antes, o resultado pode ser desastroso.

Neste artigo vamos ajudá-lo com algumas dicas de segurança para site, como evitar invasão e se proteger de malwares.

Como malware pode infectar um site?

De forma resumida, um malware infecta sistemas que tenham uma ou mais vulnerabilidades expostas e sem correção. Esse sistema pode ser um site, um blog, um computador pessoal ou um servidor.

As invasões em sites são comuns quando há negligência, principalmente, no caso de blogs em WordPress. A plataforma é atualizada constantemente por parte dos seus desenvolvedores, porém, os usuários desse CMS, muitas vezes, não atualizam sua instalação e seus plugins para a versão mais recente.

Sempre que uma brecha é descoberta em qualquer plataforma, seus criadores fazem as correções necessárias e lançam uma versão atualizada. Ou seja, ter sempre a versão mais recente da sua plataforma é uma das principais maneiras de se evitar malware no site.

Além da própria plataforma, outros vetores de infecção por malwares são os plugins e temas desatualizados.

ilustração de malware no computador

Em muitos casos, esses plugins e temas estão há anos sem atualizações, deixando aqueles usuários que os utilizam totalmente vulneráveis às principais brechas encontradas pelos malwares.

Outro ponto muito importante são os temas pirateados.

Você pode pensar que está economizando ao baixar temas “pagos” de forma gratuita em sites de pirataria. Mas o barato pode sair caro no futuro. Muitos desses sites inserem códigos maliciosos dentro dos arquivos para infectar os servidores onde serão instalados.

Além de não ser legal piratear algo que um desenvolvedor teve todo o trabalho de produzir, você pode estar facilitando ainda mais a infecção de um site.

Hoje é possível encontrar temas grátis para WordPress com qualidade premium e com suas devidas atualizações. Veja algumas dicas neste link!

Como prevenir malware no meu site?

Existem algumas rotinas simples que podem ser adotadas para aumentar a sua segurança e, dessa forma, evitar a invasão de site.

WordPress, Plugins e temas sempre atualizados

Em primeiro lugar, mantenha o seu WordPress sempre atualizado. Os criadores da plataforma mantém uma rotina constante de atualizações, principalmente quando alguma brecha é descoberta.

Além do próprio WordPress, sempre atualize os plugins utilizados em seu site ou blog. Muitas brechas podem estar disponíveis nas versões desatualizadas desses arquivos, permitindo que seu site sofra qualquer tipo de infecção.

O mesmo vale para os temas instalados em seu site. Procure sempre mantê-los atualizados para a versão mais recente. Seja por questões de segurança ou compatibilidade com as novas versões do WordPress.

Senhas Fortes

Não é bom facilitar o trabalho de pessoas mal intencionadas. Da mesma forma que você mantém uma boa fechadura em casa, é essencial ter uma senha forte.

Escolha sempre uma senha que envolva letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres especiais.

Uma boa dica é utilizar o K_Gasp4m, um gerador de senhas fortes que roda diretamente do seu navegador.

Quer mais dicas de segurança para site?

Se você possui um site ou blog em WordPress, pode conferir essas 10 dicas básicas de segurança para WordPress escritas pelo Fabio Lobo. Além disso, na nossa parceira PortoFácil há um artigo que fala mais sobre o problema de Malware no WordPress.

Nós aqui da WOWF também pensamos, sempre em primeiro lugar, na segurança para site dos nossos clientes e fomos um pouco mais além e também elaboramos um texto com 10 dicas avançadas de segurança para WordPress.

Publicado em: Tutoriais | 0 comentários

Leia também:

Deixe seu comentário!